Cantinho da Saudade
Onde a Poesia Fala Mais Alto!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
AMOR ALÉM DO TEMPO

Muito além da Vida e da Morte
Amor traçou um destino:
Reunir dois corações,
Colá-los, xifópagos, univitelinos,
Irmanando-os com laços fortes,
Latente no peito a emoção!...
Então a distância e o tempo,
Numa ânsia louca e desmedida,
Emudecer quiseram a razão da vida...

Barreiras impuseram, com pujança,
Ao sentimento nobre, singular,
Ruindo todas as esperanças,
Recalcitrando contra o verbo amar!...
O tempo, todavia, e a distância,
Se mostraram ineficazes, sem tardança...
O Amor não puderam apagar,

Pois este amor é eterno, sempiterno,
Enigmático, mágico, sublime!
Resistiu à distância e ao tempo
E em meu peito um poema exprime!
Inda que a vida seja curta vou te amar
Resoluto aceito, enfim, a minha sorte:
Amar-te Muito Além da Vida e da Morte!

Portel, Pará, Brasil, 6 de janeiro de 2009.

Composto por Pedro Paulo Barreto de Lima. 

Acróstico Anterior | Início
Jaime Adilton Marques de Araújo
Enviado por Jaime Adilton Marques de Araújo em 01/08/2020
Alterado em 01/08/2020
Comentários