Cantinho da Saudade
Onde a Poesia Fala Mais Alto!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
UM CANTO DE AMOR AO MARAJÓ

Irresistível és, ó esplêndido cenário!
Lugar aprazível e de inefável calma…
Hóstia sagrada, no argênteo lampadário
A lua surge toda cheia qual poema n'alma!

Deus me fez marajoara e o louvo em gratidão
Esta imensa paz que me invade o coração!

Marajó! Cenário dos meus sonhos de progresso!
A vida abrindo-se em sorrisos para todos…
Réquiem da minha fantasia, dos meus versos...
A cantar-te a glória porvir embora estejas no lodo…
Juventude e futuro é o binômio que te traduz melhor
Ó Marajó de encantos mil, meu grande bem, meu amor!

Melgaço, Pará, Brasil, 27 de julho de 2007.

Composto por Jaime Adilton Marques de Araújo.

Acróstico Anterior | Próximo Acróstico
Jaime Adilton Marques de Araújo
Enviado por Jaime Adilton Marques de Araújo em 01/08/2020
Alterado em 01/08/2020
Comentários