Cantinho da Saudade
Onde a Poesia Fala Mais Alto!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
TUA LEMBRANÇA SE FARÁ SAUDADE

Melgaço, hoje,
Amanheceu mais
Risonho. Coisa
Igual não
Acontecia há algum tempo.

De repente ressurge a
Esperança...

Longe te sei, linda morena, é bem verdade! Mas
Onde estás? Em que estrela? Em que galáxia? Em
Um lugar somente teu, aonde chega
Resoluto, meu pensamento
Dourado de
Estar ao teu lado, curtindo a
Saudade

Dos momentos perdidos pelo tempo
Antes que a distância se fizesse espessa?!...

Só hoje pude deixar os sonhos me povoarem
Inalando o teu perfume em minha sala.
Lembranças vãs de algo que nunca
Vivemos (mas como o teríamos vivido?!)
Acompanharão minh'alma triste de poeta!

Saudade, palavra triste, mas verdadeira...
A expressão exata de um inexato sentimento
Nesse jeito amargo de possuir-te,
Tendo-te minha, sem nunca tê-la estreitado em meus braços...
Onde quer que estejas sei que tua lembrança
Se fará saudade!

Melgaço, Pará, Brasil, 11 de fevereiro de 2004.

Composto por Jaime Adilton Marques de Araújo.

Acróstico Anterior | Próximo Acróstico
Jaime Adilton Marques de Araújo
Enviado por Jaime Adilton Marques de Araújo em 31/07/2020
Alterado em 01/08/2020
Comentários