Cantinho da Saudade
Onde a Poesia Fala Mais Alto!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
PARTITURA

Dolorosa e autêntica poesia
Repentinamente paira nos versos
Minguados que me brotam d'alma
Fazendo um escarcéu na emoção,
Soletrando sílabas amargas,
Lamúrias de paz e solidão
Sintonizando o silêncio
Dolente que teima em escapar-se-me!

Cachoeira do Arari, Pará, Brasil, 3 de maio de 2001.

Composto por Manoel da Silva Botelho.

Acróstico Anterior | Próximo Acróstico
Jaime Adilton Marques de Araújo
Enviado por Jaime Adilton Marques de Araújo em 31/07/2020
Alterado em 01/08/2020
Comentários