Cantinho da Saudade
Onde a Poesia Fala Mais Alto!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
FESTIVAL DE VERÃO 98

Flui de nossa alma uma felicidade
Encontrável só no primeiro minuto de aurora
Saudando nossa querida cidade -
Terno berço deste verão que se aflora!
Irmanados num só ideal
Vamos curtir mais um festival
Amando o que a natureza nos oferece de bom:
Lirismo poético, sol intenso, praia, mar, crepúsculo e som!

Durou um triste outono e um longo inverno nossa espera:
Enfim, chegou o verão alegre e a florida primavera!

Verão! Nada melhor que esta estação em julho.
Em cada rosto, em cada olhar, a alegria de viver…
Risonhas morenas exibem suas performances com orgulho
Atraindo para si olhares fulminantes de morrer!
O festival nos convida a cair na folia pra valer!

9 - Nó, venta; o corpo inteiro quero balançar…
8 - Oi, tô maluco, linda morena, pra te a-mar!

Melgaço, Pará, Brasil, 11 de julho de 1998.

Composto por Léo Frederico de Las Vegas.

Acróstico Anterior | Próximo Acróstico
Jaime Adilton Marques de Araújo
Enviado por Jaime Adilton Marques de Araújo em 22/07/2020
Alterado em 04/08/2020
Comentários