Cantinho da Saudade
Onde a Poesia Fala Mais Alto!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
MENSAGEM À MULHER AMADA

Lute! Lute sempre com fervor
Inebriada de paixão e amor
Liberalmente por tudo o que
Indubitavelmente seja melhor pra você
Assim hás de ser bem sucedida
Na longa jornada desta vida…

Doce morena! Ninfa encantada!
O teu meigo olhar me alucina.
Sou todo teu, linda menina!…

Seja sempre serena e sincera
Amando a vida que Deus te deu;
No teu viver a eterna primavera
Terá um lugar e no coração teu
Os estivais dias floridos
Serão sempre coloridos!

Morena linda! Tuas negras melenas
Ondeantes que serpenteiam
No teu lindo rosto, ó meiga morena,
Todas essas madeixas se assemelham
Estritamente às de uma camena…
Isto és, amada minha, e teus gorjeios
Risonhamente lembram teus galanteios…
Onde estiveres prender-me-ei nos teus enleios!

Melgaço, Pará, Brasil, 18 de setembro de 1993.

Composto por Jaime Adilton Marques de Araújo.

Acróstico Anterior | Próximo Acróstico
Jaime Adilton Marques de Araújo
Enviado por Jaime Adilton Marques de Araújo em 25/06/2020
Alterado em 27/07/2020
Comentários