Cantinho da Saudade
Onde a Poesia Fala Mais Alto!
Capa Meu Diário Textos Áudios E-books Fotos Perfil Livros à Venda Prêmios Livro de Visitas Contato Links
Textos
BALADA DE AMOR E SAUDADE

Estou morrendo de saudade
De a tua doce voz ouvir.
Expresso com sinceridade
O que no peito estou a sentir:
Tenho desejo de partir
E de você estar pertinho,
Pra essa ternura diluir
E me entregar ao teu carinho!

Passa a vida com brevidade
E quer o meu peito despir
Desse amor sem vaidade
Que está prestes a explodir.
Pois já não posso coibir
Aquilo que, devagarinho,
Me faz querer a ti fugir
E me entregar ao teu carinho!

Amor assim é raridade.
Mas tenho na alma a luzir
A plena luz dessa verdade
Que está sempre a emergir.
Meu ser inteiro descobrir,
Aqui sem nenhum burburinho,
Vou, pra ser feliz e sorrir,
E me entregar ao teu carinho!

OFERTA

Sim, minha sina vou cumprir
Por toda a vida, e, bem velhinho,
Ao teu meu ser inteiro unir
E me entregar ao teu carinho!

Afuá, Pará, Brasil, 18 de março de 2004.
 
Jaime Adilton Marques de Araújo
Enviado por Jaime Adilton Marques de Araújo em 15/06/2020
Alterado em 04/08/2020
Comentários